Noticias Ao Minuto

domingo, 12 de abril de 2020

São agora 21 casos de COVID-19 em Moçambique



Mais um caso positivo para o coronavírus em Moçambique. Pelo que se tem como noticia até agora, o caso esta em conexão com os casos que se tem investigando na Província de Cabo Delgado – Os relacionados como acampamento em Afungi, no distrito de Palma em Cabo Delgado
Para o momento não se tem mais informações acerca do caso.

Com isso, Moçambique tem 19 casos ativos de Coronavírus e 2 já recuperados.
Share:

sexta-feira, 10 de abril de 2020

CORONAVIRUS: Conheça DETALHES dos NOVOS casos em Moçambique



Acampamento da Total em Afungi: Photo FRIOLANDIA MOÇAMBIQUE
A unidade local do Instituto Nacional de Saúde em Cabo Delgado, tem feito rastreio das pessoas que tenham entrado em contato com o paciente reportado em Cabo Delgado no dia 2.

Nesse rastreio, hoje descobriu-se mais dois casos positivos no próprio acampamento da Total em Afungi, portanto, dos 3 casos hoje descobertos, 2 estão localizados em Palma, a localização do terceiro ainda se aguarda atualizações oficiais.

De lembrar que no total, já foram reportados 20 casos do coronavírus em Moçambique, dos quais 18 são ativos, e 2 já estão recuperados.
Share:

SUBIU para 20 o número de INFETADOS pelo CORONAVIRUS em Moçambique


Segundo as atuais atualizações, subiu para 20 o número de infetados pelo Coronavírus/COVID-19 em Moçambique. Foram testados hoje, dia 10 de abril de 2020, 54 casos suspeitos a nível do país inteiro, dos quais 51 deram resultado negativo e 3 positivos.


Esses novos casos estão em conceção com o caso de Cabo Delgado, os mesmos tiveram lugar, a sua investigação em Palma, Província de Cabo Delgado.

Foi também confirmado que subiu para 2 o número de recuperados pela COVID-19.
Share:

Quando é que as AULAS VOLTAM? Como ficam as MENSALIDADES?


No passado dia 30 de Março, o Presidente da Republica declarou estado de emergência que entrou em vigor no dia 1 de Abril, com duração de 30 dias. As medidas visam a diminuir contaminações pelo vírus Coronavirus/COVID-19.

Foto: Zambezi
As escolas e faculdades encerraram e alguns outros estabelecimentos, para fazer cumprir o Estado de Emergência. Algumas questões têm sido levantadas por diversos sites de notícias e usuários do Facebook a respeito das instituições. Algumas como:

1.       1. Como se fara para evitar atraso na matéria dos estudantes?
O governo respondeu a essa questão, estimulando as instituições de ensino a continuar através do ensino a distância, assim como Portugal também fez, deixando a dinâmica e carga horaria nas mãos das instituições.

2.       2. Estudantes devem pagar as mensalidades?
As últimas declarações oficiais que se teve, foi no dia 3 do corrente mês (Abril) por parte do Ministério da Educação, que citamos: “Em relação as escolas privadas que estão a cobrar mensalidades, nós como Ministério da Educação orientamos as escolas privadas para junto com os pais e encarregados de educação para sentarem e terem um diálogo mais franco, mais aberto e mais justo de como podem resolver a situação. O Ministério da Educação está a espera da informação que as escolas (privadas) sobre os consensos que tenham alcançado” – (Fonte: Jornal Verdade).
Após estas declarações, nenhuma notícia oficial em atualização a anterior foi dada, portanto, fica a cargo do consenso entre os encarregados e instituições esta decisão.

3.       3. Quando as aulas voltam?
Oficialmente no dia 1 de Maio, mas como está declarado no Estado de Emergência, o mesmo pode ser estendido até três meses. Porem o anunciado é de um mês, o Estado Moçambicano pode manter esse prazo até o fim, ou aumentar/estender, caso haja necessidade.

Lembrar que o governo anunciou alguns detalhes sobre a ORIGEM e detalhes dos NOVOS casos do Coronavirus.
Share:

Especial Pascoa: O arrependimento e a santidade


Mateus 4:17 Desde então, começou Jesus a pregar e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o Reino dos céus.
Photo by WorldVision
Após Jesus ter passado pelo deserto, a primeira coisa o mestre fez foi pregar sobre  o arrependimento. Arrependimento, é acto de voltar-se contra as atitudes praticadas.

A Bíblia diz em Provérbios 28:13 “...o que confessa e deixa, esse alcançará a misericórdia de Deus”, logo, isto faz-nos perceber que arrependimento è reconhecer o erro “e deixar de fazer”. É o mesmo que remorço? Não. O arrependimento é além do “peso na consciência” é uma mudança plena e radical nossa após ter reconhecido as atitudes erradas.

E esta é a essência do evangelho, mudança do ser humano, deixar o pecado e caminhar segundo a Palavra de Deus.

A Bíblia diz:
1 João 3:6 Qualquer que permanece nele (Deus) não vive pecando; qualquer que vive pecando não o viu nem o conheceu.
1 João 3:9 Qualquer que é nascido de Deus não vive na prática do pecado; porque a sua semente permanece nele; e não pode viver pecando, porque é nascido de Deus.

Após o arrependimento segue o processo da santificação na vida do homem, haja vista que, a sanificação não é alcançada num dia, pós sim, é adesão à um novo estilo de vida.

Um mês, Uma semana, um dia não constituem “períodos Santos” de acordo com a Bíblia, pois Deus diz:

Levítico 19:2..,Santos sereis, porque eu, o Senhor, vosso Deus, sou santo.

A santidade é um estilo de vida, após o homem ter tido um encontro com Jesus. Evangelho sem arrependimento e sem santidade, é tudo menos evangelho.

O Jesus da Bíblia, nos leva ao arrependimento, uma negociação própria e uma vida plena em santidade.

#CristoEmNos
Guest Post
Siga o nosso convidado da semana no Instagram:


Share:

quinta-feira, 9 de abril de 2020

COVID-19: OBRIGATÓRIO o uso de MÁSCARAS de proteção individual


Foi aprovado pelo governo, a alteração do documento das Medidas de Execução Administrativas da Lei que declara o Estado de Emergência.

Imagem CNBC
As alterações fazem com que seja obrigatório o uso de mascaras de proteção individual em todos transportes públicos e privados como por exemplo: EMTPM, EMTPB, chapa “100” (Transporte de 15 lugares), táxi, txopellas (Tuck tuck), Moto Táxi e bicicletas táxi;

Em aglomerados de pessoas como por exemplo, instituições publicas, privadas, mercados, bichas/filas, isso de modo a prevenir o Coronavirus/COVID-19, segundo as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

De Lembrar que moçambique registou até o momento, 17 casos confirmados. Sendo 16 ativos e 1 já recuperado.
Share:

quarta-feira, 8 de abril de 2020

CORONAVIRUS: Conheça a ORIGEM e detalhes dos 7 NOVOS casos em Moçambique


Moçambique registou 7 novos casos do Coronavirus/COVID-19. Dentre eles, 6 estão localizados na Província de Cabo Delgado e 1 em Maputo. Conforme esta notícia.

Acampamento da Total em Afungi: Photo FRIOLANDIA MOÇAMBIQUE
Em detalhes, no dia 2 de Abril, um paciente testou positivo para o COVID-19. O paciente estava localizado na Província de Cabo Delgado, num acampamento da Total em Afungi.

Após essa descoberta, o Ministério da Saúde investigou e mapeou 66 pessoas que entraram em contacto com o primeiro caso. Desses 66, 35 encontram-se no acampamento, 17 estão na cidade de Maputo, Nampula e Pemba e 14 fora do país, nesse caso, na Africa do Sul, Austrália, Nova Zelândia, Reino Unido e Estados Unidos da América. Todos estão em quarentena.


Desses contactos, 32 foram testados, 27 tiveram resultado negativo e 5 positivos. Esses 5 encontram-se no acampamento da Total em Afungi.

Dos 17 contatos fora do acampamento, 9 foram testados, 8 tiveram resultado negativo e 1 positivo, localizado na cidade de Maputo.

Fonte: HCM
Share:

São agora 21 casos de COVID-19 em Moçambique

Mais um caso positivo para o coronavírus em Moçambique. Pelo que se tem como noticia até agora, o caso esta em conexão com os casos q...

Links Sociais

Nos Siga em Nossas redes Sociais